terça-feira, 27 de outubro de 2015

Nota de repúdio da Juventude Marxista contra a aprovação da PEC 395


Juventude Marxista

No dia 21 de outubro foi aprovado em primeiro turno na Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 395/14 que acaba com a obrigatoriedade da gratuidade dos cursos de pós-graduação, especializações, mestrados e doutorados, em universidades públicas.

Essa medida desobriga o Estado a se responsabilizar com o financiamento do ensino público e, como alternativa, concede a venda da educação.

A aprovação da PEC 395 também é prejudicial aos jovens que precisam que esses cursos permaneçam públicos para a ampliação de suas formações. A cobrança de mensalidade para os cursos de pós-graduação desqualificam a função social de uma universidade pública.

Este é mais um exemplo de como a privatização e mercantilização do ensino público caminha a passos largos.

A Juventude Marxista externa repúdio a mais esse ataque contra a juventude, que vem tendo seus direitos cerceados em nome do lucro dos empresários que tratam a educação como uma mercadoria qualquer. 

Com isso seguiremos na luta pelo ensino público, gratuito e para todos, em todos os níveis de formação. 

-Nenhum direito a menos!
-Não à PEC 395!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com