sexta-feira, 6 de junho de 2014

Um espectro ronda Perus


Um espectro ronda Perus. É o espectro do marxismo. No periférico bairro de São Paulo, pode-se ver o rosto do pai do comunismo, Karl Marx, estampado nos muros.

Estudantes secundaristas, universitários e professores da rede pública comprometidos com a Campanha "Público, Gratuito e Para Todos: Transporte, Saúde, Educação! Abaixo a Repressão!" participaram do I Caramanchão Cultural na Fábrica de Cimento de Perus.

Com oficinas de stencil e bateria os militantes expuseram as pautas da Campanha em apoio a esse movimento, participando do cortejo e da visita à antiga fábrica desativada. Alguns stencils foram feitos diretamente de fotos históricas da fábrica, como homenagem e reconhecimento dessa luta pelos militantes.

A comunidade e os representantes do movimento nos receberam muito bem, assinando o abaixo-assinado e utilizando a faixa da Campanha durante o ato e as falas já na Fábrica de cimento. Além disso, a juventude colaborou bastante para deixarmos várias lembranças nos muros das passarelas e mesmo na fábrica como símbolo de resistência da luta contra o capitalismo, o real inimigo desta comunidade e todos os trabalhadores.

Mais uma vez demonstramos que essa Campanha é ampla e de frente única. Apoiamos todas as lutas sociais contra o Capitalismo e suas imposições de classe.

Lutar para que a antiga Fábrica de Cimento Perus seja colocada a serviço da população, transmutada em um centro cultural, educacional, esportivo ou mesmo de saúde, corresponde também à luta de nossa campanha!

Todo apoio ao Movimento pela reapropriação da Fábrica de Cimento de Perus à comunidade!

Para ver mais fotos do evento, acesse: https://www.facebook.com/PublicoGratuitoParaTodos/posts/463351777141899

Forme um Comitê de Luta na sua escola ou faculdade! Faça o download, imprima, assine e ajude a colher assinaturas em nosso abaixo-assinado! Leia nosso manifesto e participe! (https://www.facebook.com/PublicoGratuitoParaTodos/)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com