terça-feira, 27 de agosto de 2013

Moção pela anistia dos estudantes da Sociesc e contra a criminalização dos movimentos sociais

Moção proposta pela Juventude Marxista e o DCE da Univille (Jlle, SC) aprovada no 36º Congresso da UCE:

Os estudantes da Sociesc em Joinville estão em mobilização permanente contra a cobrança da taxa de estacionamento, que vigora desde o dia 12 deste mês, instituída de maneira autoritária pela direção da instituição de ensino, sem qualquer consulta aos estudantes, que já arcam com os altos preços das mensalidades.

Em consequência desta luta, organizam-se os acadêmicos para a fundação de um Diretório Central dos Estudantes na faculdade, até então inexistente.

A direção da instituição, após a adesão de parcela significativa dos estudantes ao movimento e em apoio à construção do DCE, passou perseguir os dirigentes, integrantes da comissão pró DCE, com a ameaça do registro de Boletins de Ocorrência, propositura de ações judiciais e mesmo a instituição de penas disciplinares aos estudantes que organizam o movimento, buscando criminalizá-los.

Todos os representantes da Comissão pró DCE respondem, nesse momento, à processos administrativos junto ao Conselho Disciplinar da Sociesc, restando evidente a perseguição política, dada a falta de argumentos da faculdade para acusá-los, posto que não houve nenhuma ocorrência que manchasse a imagem do movimento na execução dos atos públicos.

Diante disso, o 36º Congresso da União Catarinense dos Estudantes aprova moção de apoio à luta dos estudantes da Sociesc, pela criação de um Diretório Central de Estudantes na instituição, na defesa de seu caráter de Sindicato dos Estudantes, bem como repudia a atitude da adminitração da Sociesc, solicitando a imediata revogação dos processos administrativos disciplinares contra os estudantes, pela liberdade de organziação estudantil, contra qualquer tipo de punição aos estudantes, na luta contra a criminalização dos movimentos sociais.

Brusque, 24 de agosto de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com