domingo, 2 de junho de 2013

O combate pela retomada da luta por vagas para todos ganha força

Terminou hoje o 53º Congresso da União Nacional dos Estudantes.A Juventude Marxista (JM) esteve presente nesse Conune e defendeu a tese "Pela retomada da luta por Educação Pública e Gratuita para todos!". Segue um pequeno resumo do que acontece durante esse evento.
 

Militantes defendem tese da JM | Foto: Evandro Colzani
Foram vários os momentos marcantes durante o congresso ocorrido em Goiânina (GO) desde o dia 29 até o dia de hoje (02). Porém, dois eventos foram realmente memoráveis devido a importância para o movimento estudantil brasileiro. 

O primeiro foi a reunião proposta pelo DCE da Univille (SC) para debater a unidade estudantil nacional pela anulação de todos os processos contra estudantes. Proposta que iniciou com uma preocupação do DCE em relação aos vários ataques que o movimento estudantil vem sofrendo no último período e que obteve como resultado a unificação de diversas entidades estudantis e partidos políticos por uma única causa.

O outro ponto, e não menos importante, foi a abrangência da tese da JM apresentada ao Congresso. Forças políticas de pensamentos distintos conseguiram concordar em defender a educação pública para todos e não somente 10% do PIB para a educação. A proposta de que a UNE retome essa bandeira histórica tomou proporções nacionais e deve ir muito além do Conune, deve chegar em cada universidade do país.

Independente do resultado da escolha da direção da UNE, vamos continuar a luta que se fortaleceu nesse congresso e que deve se fortalecer ainda mais no próximo período.

Para ver parte do que ocorreu no Conune acesse o Facebook da JM. Para saber mais sobre a Esquerda Marxista e JM, acompanhe nossas redes sociais:

Facebook JM: http://www.facebook.com/juventudemarxista.esquerdamarxista
Facebook EM: https://www.facebook.com/pages/Esquerda-Marxista/142089457223?fref=ts



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com