quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Simpatizante da CMI é atacada pelos Talibãs no Paquistão- A barbárie não deve prevalecer!


O sofrimento do povo do Paquistão é largamente desconhecido no Ocidente. Uma cortina de silêncio foi cuidadosamente montada em relação ao número de pessoas mortas a cada dia por drones [aviões não tripulados] americanos e assassinos talibãs. Mas, recentemente, um pequeno canto da cortina foi levantado em consequência de um acontecimento particularmente assustador. Ontem, Malala Yousafzai foi brutalmente baleada por bandidos quando voltava da escola e ia para sua casa. Assassinos mascarados detiveram um ônibus cheio de crianças aterrorizadas, identificaram-na e a balearam a curta distância na cabeça e no pescoço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com