segunda-feira, 29 de outubro de 2012

As Lições de Outubro 95 Anos Depois


Os marxistas não precisam de heróis. A história só nos interessa para aprender a forjar o aço das batalhas. As comemorações são uma oportunidade de olhar para trás, de clarificar nossas tarefas e preparara-las.

Nós pensamos, 95 anos após a grande revolução russa, que outros outubros são necessários. Outros outubros virão.

Em 2012, o impasse da humanidade é continuar arrastando o cadáver da propriedade privada dos grandes meios de produção ou continuar o “assalto aos céus” iniciado pela Comuna de Paris e pela Revolução de Outubro. Propriedade privada e economia de mercado ou apropriação coletiva dos meios de produção e planificação da economia, revogação de todos os direitos sociais, trabalhistas e nacionais ou estatização das fábricas e do sistema financeiro. Privatização de tudo que foi constituído pelo esforço coletivo ou extensão da igualdade pela planificação da economia segundo as necessidades da Humanidade. Socialismo ou barbárie. Tais são os nossos dilemas. E, nos 95 anos da revolução russa examinar a ação do partido bolchevique durante aquele ano, e aprender com ela, é a melhor comemoração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com