quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Colombo não cumpre a lei e quer retirar direitos

Adilson Mariano é vereador em Joinville e militante da Esquerda Marxista. Seu mandato sempre serviu de ponto de apoio das lutas da classe trabalhadora.

Publicamos abaixo matéria de seu site que relata mais um dos ataques do Governo de Raimundo Colombo (PSD) que além de não cumprir a Lei do Piso, agora quer aumentar a jornada de trabalho do magistério.


O vereador Adilson Mariano, na sessão de hoje (08/02), criticou o Governo do Estado de Santa Catarina, por haver fixado normativa obrigando os professores a cumprirem hora relógio e não hora aula. Com essa medida, muitos trabalhadores em educação irão dobrar a jornada de trabalho. Um professor que cumpria 4h30min será obrigado, com a decisão do governador, cumprir 6h. Mariano afirma que não há motivo para essa decisão. 

Segundo ele, as aulas têm 45min, não uma hora. “Desse modo o professor será obrigado a estar na escola no período que as entidades nem funcionam, inclusive”, Afirma o vereador. Mariano lembrou ainda que além de o Governador não cumprir a Lei do Piso, agora quer aumentar a jornada de trabalho do magistério.

Fonte

NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS
Twitter: @Juv_Marxista
Facebook. Clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com