sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Acorrentados, moradores do Pinheirinho protestam contra desocupação

Nesta terça-feira, dia 10/01, cerca de 200 moradores do Pinheirinho fizeram uma manifestação em frente à Prefeitura de São José dos Campos em mais um protesto contra a ameaça de desocupação e a omissão da Prefeitura.

Manifestantes ficaram acorrentados à grade do Paço Municipal durante toda a manhã. A manifestação, que começou por volta das 9h, terminou às 12h30.

Clique na imagem para ampliar
Morador sem-teto acorrentado à grade no Paço
Na chegada dos moradores, houve confronto com a Guarda Municipal, que partiu pra cima dos manifestantes com chutes e golpes de cassetetes, em uma demonstração de violenta repressão.


"Queremos chamar a atenção para a tragédia que está prestes a acontecer em São José. Se houver uma desocupação no Pinheirinho, o resultado será contabilizado em número de mortos e feridos", afirma uma das lideranças da ocupação, Valdir Martins, o Marrom.

"O direito à propriedade não é maior que o direito à vida. A ocupação do Pinheirinho é um problema social que precisa ser resolvido. São José dos Campos, embora detenha um dos maiores orçamentos per capita do país, amarga um déficit habitacional de 30 mil moradias. Essa situação precisa ser resolvida e não agravada com uma desocupação violenta", afirma o advogado dos sem-teto, Antonio Donizete Ferreira, o Toninho.

A luta para impedir a desocupação, que pode ser cumprida a qualquer momento pela Polícia Militar, continuará. Os moradores prometem outras manifestações e contam com o apoio de entidades sindicais da região, que também definiram uma série da ações para impedir a reintegração de posse.

Assine e repasse adiante o 

Acessem o Blog 

Para informações em tempo real,
acompanhe a tag #pinheirinho pelo Twitter

Pelo direito a moradia!
Contra a desocupação do Pinheirinho!



NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS
Twitter: @Juv_Marxista
Facebook. Clique aqui


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com