sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Egito: 10 imagens dos protestos de mulheres


Fotos dos protestos de mulheres egípicias contra a Junta Militar que governa o país, e contra a covarde repressão que têm sofrido. (dez/2011)

1 - Uma mulher mostra um exemplar do jornal "Al Tahrir" com a imagem da mulher espancada pelas forças de segurança durante uma manifestação. AMR NABIL (AP)



2 - As mulheres gritam palavras de ordem contra os militares na Praça Tahir, Cairo. NASSER NASSER (AP)




3 - "Militares mentirosos. Se cae, se cae el gobierno de los militares" é o que pode ser lido neste banner. NASSER NASSER (AP)





4 - As mulheres participam da manifestação contra os abusos da junta militar. ASMA Waguih (Reuters)




5 - Manifestação de mulheres no Cairo para exigir o respeito pelos seus direitos, como resultado de maus-tratos durante confrontos entre forças de segurança e manifestantes. OMAR MOHAMED (AP)




6 - Imagem de mulher refletida numa poça onde se encontram pedras usadas durante os combates entre a polícia e manifestantes na Praça Tahir, no Cairo. AMR NABIL (AP)




7 - Manifestantes correm ao longo de uma rua no Centro de Cairo, gritando palavras de ordem contra a junta militar. AMR NABIL (AP)




8 - Manifestantes, com a fotografia da polícia batendo e atirando numa mulher. NASSER NASSER (AP)



Fonte EL PAÍS 20/12/11

9 - Este é o símbolo maior das batalhas no mês de dezembro. Uma manifestante com véu aparece caída no chão com o corpo seminu, sendo arrastada e brutalmente espancada por soldados.* Para assistir o vídeo clique aqui.





10 - Charges de Carlos LATUFF





*NOTA SOBRE A MULHER VÍTIMA DE ESPANCAMENTO, IMAGEM 9

Já está se recuperando a mulher egipcia que foi vitima do brutal espancamento flagrado na imagem número 9 acima. Quem informa é o jovem que tentou protege-la e que tambem foi vitima de terriveis agressões e pisoteamento de soldados. Ao sair do hospital ele relatou ao El Pais. Informação que agrademos ao professor e companheiro Emir Sader. Sader está divulgando no seu Facebook atualizações diárias sobre a luta dos povos árabes. Uma primavera que insiste em se estenter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com