terça-feira, 22 de novembro de 2011

Estudantes colombianos tomam as ruas e barram projeto de reforma da educação

Os estudantes colombianos decidiram no último dia 16/11 pelo fim de uma greve nacional que já durava um mês e quatro dias. A decisão aconteceu depois que o congresso do país decidiu, por unanimidade, pelo arquivamento de um projeto de reforma educacional que havia sido proposto pelo presidente Juan Manuel Santos.

Mais de 500 mil estudantes iniciaram o protesto no último 12/10, em rejeição a reforma do ensino superior, a qual consideram privatizante. Apesar da vitória, os estudantes afirmaram que os protestos de rua irão continuar até que um novo projeto baseado nas reivindicações estudantis de uma educação pública, gratuita e de qualidade seja atendido no país.

Como forma de dar mais força as mobilizações, os estudantes colombianos, junto aos estudantes chilenos e da Guatemala, convocaram uma "jornada continental da luta ao direito à educação", que acontecerá no dia 24/11.

PUCviva Jornal semanal da APROPUC e da AFAPUC Nº 806 - 21/11/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com