terça-feira, 1 de novembro de 2011

Constituído o Comitê Pró-Federalização da Univille!

Na noite de ontem, estudantes, munícipes e representantes de diversas entidades compareceram no auditório da reitoria para participar da primeira atividade promovida por esta gestão do DCE sobre a Federalização de Univille.


A mesa foi composta por três membros da entidade estudantil, Tiago de Carvalho que coordenou os trabalhos, Evandro Colzani e Daison Colzani, tesoureiro e presidente do DCE, respectivamente. Ainda participaram da mesa dos trabalhos o Prof. Dr. Paulo Ivo Koehntopp (Reitor da Univille), o Prof. Álvaro Lezana (Diretor Acadêmico do Campus da UFSC em Joinville), Adilson Mariano (Vereador do Partido dos Trabalhadores - representando a Comissão de Educação da Câmara de Vereadores), Thiago Luciano Woerner (Membro do Comitê Pró-Federalização da Furb e vice-presidente da UCE-União Catarinense dos Estudantes) e Alexandre de Oliveira Torres Carrasco (Filósofo, Prof. Dr. em Filosofia pela USP e professor da Universidade Federal de São Paulo).

Para o presidente do Diretório Central dos Estudantes, Daison Roberto Colzani, a atividade é o primeiro passo para a retomada da luta pela Federalização da Univille e essa discussão deve atingir não só os acadêmicos da Univille, mas toda a comunidade joinvilense, uma vez que o ensino público e gratuito é responsabilidade do governo e depende da mobilização da população de Joinville e região.

Segundo o convidado do DCE, Alexandre Carrasco, o modelo vigente das universidades do Sistema Acafe precisa ser repensado e o norte desta discussão é a garantia do ensino público e gratuito para todos.

Como um dos encaminhamentos do debate, foi constituído o Comitê Pró-Federalização, composto pelos membros da mesa e outras entidades ali presentes, que deve reunir-se nos próximos quinze dias com o objetivo de organizar a luta pela Federalização da Univille na cidade e municípios vizinhos. Além disto, foi aprovada também, por unanimidade, uma moção contra o aumento das mensalidades da Univille.

Veja a cobertura da RBS no noticiário de hoje e a moção aprovada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com