quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Nem de taxi, nem de avião. Bolsonaro sai de camburão

Estudantes e ativistas de esquerda obrigam Bolsonaro a sair de camburão de dentro da UFF no Rio de Janeiro

Bolsonaro sai da UFF no banco de trás do camburão da polícia

Jair Bolsonaro fez uma palestra na Universidade Federal Fluminense em 19/09. Dois vereadores, Renatinho (PSOL) e Leonardo Giordano (PT), aproveitaram a oportunidade e entregaram ao Deputado Federal do PP duas moções de repúdio aprovadas contra ele, pela Câmara de Vereadores da cidade. Bolsonaro, sempre truculento, rasgou as moções.

Na saída, teve de enfrentar uma manifestação de estudantes e militantes de esquerda que protestaram contra homofobia, racismo, machismo e também exigiam a instalação da Comissão da Verdade, para apurar os crimes cometidos durante a ditadura.

Por conta do protesto que interrompeu o transito em frente a Faculdade de Direito, sob vaias e uma quantidade grande de palavras de ordem, só restou a Bolsonaro pedir ajuda a PM para conseguiu sair da UFF dentro de um camburão (ver foto).

"Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente
Apesar de você"

(Chico Buarque)

2 comentários:

  1. Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
    Transformam o país inteiro num puteiro
    Pois assim se ganha mais dinheiro
    A tua piscina tá cheia de ratos
    Tuas ideias não correspondem aos fatos
    O tempo não pára(...) (Cazuza)

    ResponderExcluir
  2. Abaixo segue um artigo na Veja sobre a manifestação dos estudantes da UFF em palestra ministrada pelo Dep. Federal Jair Bolsonaro, declaradamente homofóbico, machista, conservador e defensor da Ditadura Militar.

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/os-fascistas-de-esquerda-acusam-bolsonaro-de-fazer-o-que-eles-fizeram-com-bolsonaro-ou-onde-estao-mesmo-os-nazistas/

    Acreditamos que um texto desse teor, vindo da revista Veja, só nos mostra como o Ato foi vitorioso e correto. Os Movimento Estudantil não permitirá que eventos assim ocorram na UFF e passem em branco.

    Flávio
    Estudante da UFF e militante da Juventude marxista.

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com