quinta-feira, 1 de setembro de 2011

ESTUDANTES DA UFF OCUPAM REITORIA

Ocupação Reitiria UFF - 2011
Na manhã do dia 31/08 os estudantes da Universidade Federal Fluminense (UFF) compareceram em massa ao conselho Universitário no Instituto Geociências. Mais de 500 estudantes estiveram presentes para cobrar da reitoria suas reivindicações.

Mais uma vez a reitoria não dialogou com a comunidade universitária e orientou seus conselheiros a esvaziar o conselho universitário que não pôde discutir nada por falta de quórum. Mas os estudantes mostraram sua disposição de lutar e voltaram a ocupar a reitoria.

Nesse momento estão sem água e sem luz. Porém os estudantes não arredarão o pé sem que a reitoria se posicione e garanta as bandeiras do movimento. A quantidade de estudantes na reitoria só tem aumentado e repetem como os jovens organizados pelo mundo: “Amanhã vai ser maior”.


Estudantes reunidos no gramado da Reitoria - UFF 2011
Policiais chamados pelo Reitor

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DO DCE LIVRE FERNANDO SANTA CRUZ (UFF)

- Aceleração das Obras da Expansão e da Moradia Estudantil;

- Paralisação do processo de implantação Via Orla e Via 100;

- Por um Plebiscito Oficial junto à comunidade universitária e à comunidade que corre risco de ser removida para que se decida sobre a questão da Via Orla e Via 100;

- Implementação do resultado do Plebiscito dos Cursos Pagos;

- Levantamento real do déficit de professores e servidores nos cursos para que a UFF reivindique, junto ao MEC, que essa carência seja suprida, em especial nos campi do interior;

- Repúdio ao descaso com a segurança dos estudantes, que causou a morte da estudante Maria Cremilda do Serviço Social;

- Início da construção de bandejões no Valonguinho e no HUAP: queremos expansão sem filas!

- Venda de ticket no bandejão do campus da Praia Vermelha, e pelo funcionamento do mesmo no período noturno;

- Pela elaboração de um projeto e posterior construção de um bandejão em Volta Redonda;

- Pelo funcionamento da Moradia Estudantil de Rio das Ostras;

- Política real de assistência estudantil para os campi do interior;

- Segurança nos arredores dos campi da UFF, feita por servidores públicos da UFF;

- Reforma de verdade do Teatro do DCE. Chega de maquiagem!

- Liberação das festas nos campi.

- Construção da Biblioteca da Faculdade de Direito;

- Aceleração dos Concursos de professor efetivo da Faculdade de Direito;

- Contra o fechamento do serviço de hematologia do HUAP;

- Pelo funcionamento da Emergência do HUAP aberto para livre demanda;

- Contra o PL 1749 que privatiza o HUAP;

- Pela pactuação entre universidade e prefeitura para inserção dos acadêmicos de saúde para estágio nas unidades da prefeitura;

- Por menos estacionamento e mais espaços verdes e de convivência

- ônibus gratuito inter campi

- ciclovia que interligue os campi

- Política de acessibilidade, melhoria da infraestrutura – inclusive durante as obras

- Contra divisão de bacharelado e licenciatura

- Bandejão gratuito

- Opção vegetariana no bandejão

Bandeiras Gerais:

- Por 10% do PIB para a educação;

- Contra os cortes de verbas do Governo Federal;

- Fora à todos os corruptos e confisco de seus bens;

- Solidariedade às vítimas das chuvas de abril em Niterói: Jorge Roberto Silveira, moradia já!

- Contra o REUNI. Por uma expansão de qualidade!

- Por uma universidade que atenda às demandas populares.

- Apoio a luta dos estudantes no chile

- Contra o Plano Nacional de Educação do Governo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com