segunda-feira, 26 de julho de 2010

Realizado o 13º Encontro Nacional da Juventude Marxista

Jovens marxistas de 7 estados se reuniram
em São Paulo para discutir eleições,
movimento estudantil e a luta revolucionária

Delegados no 13º ENJM
O 13° Encontro Nacional da Juventude Marxista – ENJM ocorreu nos dias 24 e 25 de julho no Centro Cultural Mário Pedrosa em São Paulo. Quarenta jovens vindos dos estados de SP, RJ, MG, SC, PE, PR e MT organizaram o encontro de forma independente, com arrecadações nos sindicatos, nos movimentos sociais, contribuição dos militantes da Esquerda Marxista, campanhas financeiras como a venda de camisetas do Engels e da Rosa Luxemburgo e rifas de livros revolucionários.
O jovens marxistas arrecadaram dessa forma mais de cinco mil reais para cobrir os gastos com transporte e do encontro em si. Para a JM a questão da independência financeira frente à burguesia e o estado é levada a sério, pois só assim é possível a independência política necessária para a luta de classes.

O 13° ENJM foi o primeiro com o nome de ‘Juventude Marxista’, o novo nome da organização de jovens da Esquerda Marxista, que antes se chamava Juventude Revolução.

A JM E AS ELEIÇÕES

A primeira discussão do encontro foi sobre a conjuntura internacional, nacional e as eleições. Os jovens marxistas discutiram como intervir nas eleições ajudando os trabalhadores no combate por suas reivindicações. O encontro decidiu que essa é a principal atividade da JM até 3 e outubro, na luta por um governo socialista dos trabalhadores, reafirmaram a posição de nenhum voto para os candidatos da burguesia e o voto PT contra a direita.

MOVIMENTO ESTUDANTIL

Numa empolgante discussão sobre como trabalhar a política revolucionária a partir do movimento estudantil - ME, os jovens marxistas debateram e reafirmaram a orientação política de aliança operária-estudantil e construção das entidades estudantis como verdadeiros sindicatos de estudantes. O centro da discussão foi de como ajudar os estudantes a montar e organizar a luta por suas pautas de reivindicações, e partindo daí, das lutas imediatas do dia-dia construir a luta pelo fim do capitalismo.

Plenário do Encontro

UM ENCONTRO VITORIOSO

O encontro também discutiu importantes campanhas. A luta pela retirada das tropas brasileiras do Haiti segue como um importante combate em defesa da soberania das nações oprimidas. É inaceitável que essa ocupação militar organizada pelo imperialismo americano continue e tenha como principal tropa interventora o exército de nosso país. A luta em solidariedade à revolução venezuelana, traduzida na campanha “Tirem as Mãos da Venezuela”; a luta pelo Passe-Livre, contra a repressão aos movimentos sociais e por vagas para todos nas universidades públicas também foram encaminhadas.

Uma importante discussão sobre drogas tomou toda a manhã do dia 25 e teve como conclusão a reafirmação do combate às drogas, que se tornou um instrumento do imperialismo para destruir e dominar os filhos dos trabalhadores.

Finalmente, uma série de tarefas organizativas foi encaminhada, entre elas a realização de reuniões abertas mensais, produção de livretos e de textos sobre o ME, drogas, cotas, e organização da nova Coordenação Nacional da Juventude Marxista. Saímos do encontro com mais disposição para a luta por uma nova sociedade que garanta aos filhos dos trabalhadores o direito ao lazer, à arte, ao emprego, educação e à cultura, pois como afimava a convocatório do 13º ENJM “O mundo de harmonia e felicidade prometido pelos capitalistas desmoronou com a crise internacional. A crise desmascarou aos olhos de todos a podridão desse sistema de exploração, ficando mais claro que nunca: o capitalismo não pode garantir um futuro para os trabalhadores e para a juventude”. Todos à luta para eleger os marxistas do PT e derrotar a direita nessas eleições!

Coordenação Nacional da JM - CNJM

Um comentário:

  1. Parabéns a todos pelo vitorioso encontro!
    A luta do socialismo vive!

    Ricardo Coltinho

    ResponderExcluir

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com