sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Juventude e Trabalho

Hoje em dia vemos adolescentes cada vez mais jovens em busca de emprego, logo aos seus 14, 15 anos de idade os jovens ja pensam em procurar trabalho. Os jovens que trabalham dedicam grande parte do seu tempo a esta função. Tem claramente os seus estudos prejudicados, pois tem dificuldades de achar tempo para fazer os trabalhos escolares e estudar para as provas. É o caso de Maico da Silva Paixão, estudante da escola Juracy Browsing: “Com certeza fica dificil se concentrar nos estudos quando se trabalha o dia inteiro e tem que estudar á noite já cansado” diz Maico.


Maico está certo, a realidade dele não é diferente da maioria dos estudantes que trabalham. Vejam o que diz Alexssandro R. Vanin, estudante da escola Dr. Tufi Dippe: “Além de ter os estudos prejudicados tembém perdemos grande parte do nosso tempo que poderiamos gastar na nossa formação e lazer.

É claro que trabalhar tão cedo não é muito saudavel, mais porque esses jovens tem que trabalhar?

A maioria deles, são filhos de trabalhadores explorados pelos patrões e pelo sistema capitalista, esses trabalhadores nem sempre dão conta de sustentar sozinhos a suas familias então tem de pedir ajuda aos seus filhos. Está é uma das causas, mas também há o desejo do jovem de ter dinheiro para ir ao cinema, para comprar os vários produtos disponiveis no mercado, enfim para ter acesso ao lazer e a cultura, estes dois que são de responsabilidade do governo que tem de garantir que os jovens tenham uma vida digna, mas não o faz.

Os filhos dos ricos, dos patrões, não precisam trabalhar logo na adolescencia, os seus pais garantem que eles tenham um ensino de qualidade numa escola particular e que possam comprar todos os direitos que o governo não garante. Ainda mais agora na hora em que o governo dá bilhoes para sauvar os patroes da crise e de ficarem um pouco menos ricos.

Já os filhos de trabalhadores:

Trabalho de segunda á sexta das 13 h até as 19 h e de sabádo das 7h até as 13h, na semana estudo das 7:20h até as 11:30 h, não tenho tempo para nada!” Alexssandro Vanin.

De quem é a culpa por esta situação?

Em primeiro lugar é do sitema capitalista, baseado na propriedade privada dos meios de produção e na busca pelo lucro. Sociedade que é a raiz das diferenças de classes e da pobreza. Em segundo é do governo que não investe na educação e não garante um futuro para a juventude. Precisamos unir a juventude na luta por uma sociedade mais justa e por uma educação de qualidade. A única saida é o socialismo, sociedade baseada na propriedade coletiva e na igualdade.

Iago Paqui- Presidente da Ujes (União Joinvilense dos Estudantes Secundaristas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com