quinta-feira, 13 de março de 2008

vem aí a Conferência nacional da campanha Tirem as Mãos da Venezuela - em defesa da revolução na América Latina

Um vento revolucionário varre a América Latina, sua ponta mais avançada está na Venezuela, mas podemos ver seus traços em diferentes graus na Bolívia, no Equador, no México, etc.

A campanha internacional Tirem as Mãos da Venezuela vem divulgando o que realmente se passa na Venezuela revolucionária. A mídia burguesa diz que lá se constrói uma ditadura. Nada mais falso! O que realmente existe na Venezuela é um profundo movimento das massas oprimidas em busca de justiça, justiça essa que o capitalismo nunca poderá proporcionar.

Numerosos são os ataques da oligarquia e do imperialismo norte-americano contra a revolução, mas outro inimigo representa grande ameaça: o reformismo. Políticos e falsos teóricos que em palavras se mostram amigos da revolução, porém agem para freá-la, aconselhando o presidente Hugo Chávez a ir mais devagar, a conciliar o interesse dos grandes empresários com o dos trabalhadores. Esses falsos amigos querem na verdade salvar o capitalismo, evitando a expropriação dos grandes meios de produção e a instauração de um Estado governado pelos trabalhadores. A derrota no referendo constitucional foi um alerta! As massas se cansam de lutar se só ouvem belas palavras, porém no cotidiano vêem a escassez de produtos alimentícios básicos, vêem a corrupção e nada sendo feito contra ela, vêem os ricos continuarem ricos. É hora da revolução avançar! Nada de conciliação, é hora de agir rumo ao socialismo!

A revolução cubana também encontra-se ameaçada. Principalmente após a “renúncia” de Fidel Castro, os burocratas reformistas cubanos trabalham pelo retorno do capitalismo à ilha, devemos defender esse Estado que mostra ao mundo a superioridade da economia planificada. O avanço da revolução na Venezuela daria grande impulso para o povo cubano impor um salto à revolução em seu país, tirando-a de tamanho isolamento, instaurando a democracia operária na administração do Estado. Logo os regimes burgueses de toda a América Latina cairiam, abrindo as portas para a construção da Federação das Repúblicas Socialistas da América Latina e, enfim, do socialismo em todo o mundo!

A campanha Tirem as Mãos da Venezuela está organizando para o mês de Maio uma grande conferência nacional para discutir a situação atual na Venezuela e nossas tarefas. Varias atividades estão sendo organizadas em diversas partes do país, visite o blog da campanha www.tiremasmaosdavenezuela.blogspot.com e veja a data e o local das atividades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com