terça-feira, 8 de maio de 2007

A Juventude Quer Arte, Educação, Emprego, e Socialismo!!

A juventude se levanta junto aos trabalhadores para a construção de um mundo socialista, sem explorados e exploradores. No qual o povo trabalhador e a juventude controlem democraticamente toda a sociedade.

As recentes mobilizações da juventude têm mostrado que existe força e entusiasmo para lutar por um mundo onde a juventude não seja jogada às drogas, à violência, à fome e ao desemprego. Foi assim na revolta da periferia na França, que levou os jovens a queimarem centenas de carros contra o racismo e por educação. No Chile milhares protestaram pelo Passe-Livre e contra as reformas que destroem a educação. No Brasil gigantescas manifestações disseram “Fora Bush e o Imperialismo”, outras centenas de manifestações se sucedem pelo mundo. Somado a isso, as revoluções em curso na Bolívia e principalmente na Venezuela, têm desmascarado aqueles que diziam que não existia mais luta de classes, e que o socialismo estava morto.

Nos dias 4 a 8 de Julho ocorrerá o 55º CONUNE (Congresso da UNE), numa conjuntura em que ventos revolucionários sopram por toda a América, mas que Bush tenta transformar o Brasil num ponto de resistência imperialista contra as revoluções, por isso ele visita o Brasil. Lula tenta fazer uma Reforma Universitária que nada tem haver com as reivindicações dos estudantes, pelo contrario, é conseqüência direta da falta de verbas, canalizada para o pagamento de juros da divida publica. Essa reforma, somado as outras medidas, como o PROUNI, as PPP’s, a Lei de Inovação Tecnológica, e o SINAES, pretende privatizar parte da universidade, tirando a responsabilidade do governo de garantir a educação, ao mesmo tempo favorece e enriquece as faculdades privadas.

Mas como isso é possível, se a juventude é parte do movimento dos trabalhadores que derrotou Alckmin e a burguesia, e deu o 2º mandato a Lula e o PT? É por isso que a Juventude Revolução lança a tese ao CONUNE, “Por uma UNE a Serviço dos Estudantes e do Socialismo”. Concentrada na defesa das reivindicações históricas dos estudantes e da UNE. Faz um combate pela universalização do ensino, por isso nega a falsa saída das cotas, pois não queremos vagas só para alguns, enquanto a maioria continua excluída da educação, queremos vagas para todos!
Para nós da Juventude Revolução, a UNE deve se dirigir a Lula exigindo o fim dessa coalizão com a burguesia. É urgente que a UNE assuma o combate pelo socialismo, a começar por derrotar essa reforma universitária, o PAC da educação, e todas outras medidas que privatizam e não atendem nossas reivindicações.

Convidamos todos a discutir nossa tese [http://www.revolucao.org/], e preparar sua delegação para a plenária nacional da JR que se realizará em 7 de setembro, onde discutiremos como dar continuidade à luta pelo socialismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com