quinta-feira, 6 de maio de 2004

Resoluções do 7º Encontro Nacional da Juventude Revolução

JUVENTUDE TRABALHADORA

1 - Abrir espaço permanente no boletim da Juventude Revolução para as questões da Juventude Trabalhadora
2 - Contra a reforma da CLT que acaba com direitos trabalhistas. Abaixo projeto Dornelles. Impulsão do abaixo-assinado da CUT contra a reforma da CLT.
3 - Defesa da Licença Maternidade e da estabilidade para
mulheres grávidas. Defesa da Convenção 103 da OIT.
4) - Redução da Jornada de Trabalho sem redução de salários Abrir a discussão na JR sobre participação nos sindicatos e organizações dos trabalhadores.
5 - Organizar debates e Eventos sobre a exploração da Juventude nos locais de intervenção.
6 - Não à exploração da juventude. Trabalho de verdade com todos os direitos trabalhistas. Contra a exploração do jovem estudante pelo estágio
7 - Abaixo Às obrigações de trabalho voluntário para estudantes que recebem bolsas.
8 - Organizar comissão da JR responsável por organizar informações, textos, atividades ligadas à questão do emprego para a juventude.
9 - Não ao trabalho infantil! Aplicação da convenção 138 da OIT!

PASSE LIVRE

1 - Criação de uma comissão da JR para desenvolver atividades(brochura, textos, tc...)ligadas à campanha do passe livre, situada em Santa Catarina.
2 - Organizar uma brochura sobre como desenvolver a campanha passe livre.
3 - Carta direcionada à Comissão de Constituição e Justiça do Senado, exigindo a concessão do direito estabelecido em lei para o passe livre, para massificar com assinaturas a campanha.
4 - A Coordenação deve buscar amplificar a campanha nas cidades onde ela não exista, e reforça-la aonde ela já exista.

DROGAS • GUERRA • RACISMO

1 - Não às drogas. Não à política do imperialismo que destrói a juventude pelas drogas
2 - Levar o debate amplo e verdadeiro sobre as drogas na juventude como forma de conscientização.
3 - Lutar por uma sociedade que garanta educação emprego e saúde.
4 - Proposta de organizar no dia de luta contra o imperialismo e sua política (11 de setembro)
• Não às drogas
• Não à guerra
• Não à exploração
• Liberdade à Mumia Abu-Jamal
5 - Abaixo ao massacre do povo palestino. Por um Estado único, laico e democrático em todo o território da palestina histórica.
6 - Não à discriminação sexual, religiosa ou racial.
7 - Defesa da vida de Múmia, realizando atividades buscando diálogo com os companheiros da juventude negra.


EDUCAÇÃO • SERVIÇO PÚBLICO • ONGS

Posições:
1 - Defesa da asssitência estudantil
2 - Vagas para todos nas Universidades Públicas. Não às cotas
3 - Ensino Público e Gratuito e de Qualidade
4 - Não às fundações privadas, taxas e cursos pagos no ensino público.
5 - Não à municipalização do ensino.
6 - Estatização das Universidades Pagas.
7 - Redução de mensalidades
8 - Contra taxas e penalidades aos estudantes inadimplentes.
9 - Por políticas públicas para juventude. Não às políticas
10 - Não às ONGs
11 - Não ao FIES. Verba Pública apenas para Universidade Pública
12 - Defesa das entidades estudantis e sua independência.
13 - Não às privatizações das estatais. Reestatização.
14 - Não ao Provão.
15 - Mais verbas para a educação
16 - Revogação da Lei De Mensalidade de FHC.

Iniciativas:

• Abaixo assinado e combate contra o Decreto 4231, do governo FHC. Reivindicar apoio jurídico da OAB
• Carta exigindo de FHC repasse urgente dos 70 milhões pendentes da última greve das Universidades Federais.Colher adesões junto à entidades estudantis, e propor
indicativamente um dia nacional de mobilização
• Impulsionar nacionalmente ab.assinado pela retirada das PEC`s que questionam o ensino superior gratuito.
• Texto da JR dialogando com os problemas da Juventude que estuda em Universidades particulares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com