quarta-feira, 25 de fevereiro de 2004

É preciso ir às ruas no dia 20 de março!

Manifesto aos jovens, entidades estudantis e organizações de juventude:

É PRECISO IR ÀS RUAS NO DIA 20 DE MARÇO!
PARAR A ALCA! NÃO À GUERRA E À EXPLORAÇÃO!


Há um ano milhões de jovens em todo o mundo saíram às ruas contra o massacre do povo iraquiano, contra a guerra de Bush. Hoje a guerra continua. O povo iraquiano resiste e exige que as tropas de Bush deixem o seu país e o direito de decidir por si próprio seu futuro. As multinacionais dos EUA derramam sangue por petróleo em uma Guerra que tem como objetivo dividir a nação iraquiana em partes controladas por máfias, incentivando “guerras étnicas” pelo controle do petróleo, da água etc. Ao mesmo tempo, nos EUA foi constituído o movimento USLAW (sigla em inglês para: Trabalhadores dos EUA contra a guerra), que impulsiona a campanha para que “Tragam as tropas de volta agora!” e que denunciam os desvios de verbas da educação, da saúde, para alimentar a máquina de guerra. Os jovens dos EUA ligados a Internacional Revolucionária da Juventude (IRJ) lançaram um Apelo no qual se afirma que “não é o povo iraquiano o responsável pelas mortes dos soldados americanos. Os responsáveis são Bush e os fazedores da guerra de Washington”.


Nas Américas a declaração de guerra contras os direitos da juventude e dos povos chama-se Área de Livre Comércio das Américas, mais conhecida como ALCA. A ALCA é um tratado livre comercial que envolveria os 34 países da América (exceto Cuba) e na qual abriria todas as barreiras comerciais de todos os países das Américas à entrada das multinacionais nos respectivos países. Ela está prevista para entrar em vigor em 2005 e a sua implantação só irá aprofundar ainda mais a miséria e a exploração dos trabalhadores de toda a América (do Canadá até a Argentina). Um exemplo é que todos os serviços públicos serão considerados “mercado aberto” à iniciativa privada (saúde, educação, previdência) o que só facilitará a privatização dos serviços públicos, das universidades e escolas públicas.

Contra ALCA, realizou-se em dezembro uma Conferência Continental de Trabalhadores em São Paulo. Uma reunião de jovens nessa atividade lançou uma Carta aos Estudantes das Américas em que dizia: “Uma mesma luta une a juventude de norte ao sul das Américas, na luta pelo nosso futuro, por educação, emprego e por um mundo sem guerra e exploração. Se por um lado os governos de nossos países concordam em implementar a ALCA em 2005, cremos que desde já, nossa mobilização pode sim render resultados. Propomos a todos vocês a organização de uma jornada continental contra a ALCA reunindo trabalhadores, estudantes e suas organizações a ser realizada em 20 de março de 2004.”

20 DE MARÇO, É DIA DE NOS UNIRMOS NAS RUAS!

Jovens, entidades estudantis, organizações de juventude, sindicatos e as organizações dos trabalhadores de todo continente América, vamos as ruas para exigirmos que o governo Lula se retire das negociações da ALCA! Vamos às ruas PARAR A ALCA!

Junte-se à Juventude Revolução no dia 20 de março na jornada mundial contra a ALCA, a guerra e a exploração.

Comitê Nacional de Ligação da Juventude Revolução
São Paulo, 21 de março de 2004

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários anônimos serão excluídos, identifique-se. Se preferir entre em contato pelo e-mail: juventudemarxista@gmail.com